Blog da Disciplina de Ciências Naturais. 2012/13 Turmas 9ºA, 9ºB, 9º E, 9º F e 9º G . Escola EB23 André Soares - Braga

05
Abr 12

 

Para ficarmos preparados para o teste intermédio precisamos destas metas de aprendizagem:

  • O aluno explica a intervenção dos músculos intercostais, do diafragma e das costelas nos movimentos respiratórios de inspiração e expiração (ventilação pulmonar).
  • O aluno descreve processos vitais como a hematose pulmonar (sistema respiratório) e a absorção intestinal (sistema digestivo) identificando a sua importância no funcionamento do organismo e na manutenção do seu equilíbrio.

Vamos começar com os vídeos.

 

Este é sobre todo o sistema respiratório e tudo o que nele se fala é importante.

Agora o professor Totó vai explicar porque é que o ar entra e sai dos nossos pulmões.

 

Por hoje ficamos por aqui,,,,se alguém souber de testes interativos sobre estes assuntos é favor partilhar, aqui ou no Facebook.

publicado por dom.bacelar às 08:10

22
Fev 12

Olá.

 

Como habitualmente começo por vos trazer as metas de aprendizagem, extraídas de http://www.metasdeaprendizagem.min-edu.pt/ensino-basico/metas-de-aprendizagem/metas/?area=30&level=6

 

  • O aluno identifica os constituintes do sangue e descreve as respectivas funções; diferencia sangue venoso de sangue arterial quanto à quantidade relativa de dióxido de carbono e oxigénio que contêm.
  • O aluno descreve a circulação pulmonar e a circulação sistémica, explicitando a respectiva função; relaciona a estrutura dos diferentes vasos sanguíneos com a sua função.
  • O aluno identifica e caracteriza as fases do ciclo cardíaco (diástole geral, sístole auricular e sístole ventricular) quanto à contracção/relaxamento das cavidades do coração e abertura/fecho das válvulas e suas consequências para a deslocação do sangue no coração.
    Para além da observação microscópica de tecido sanguíneo iremos reccorrer a diversas outras fontes de informação.
    Esta apresentação tem tudo o que é essencial saber sobre esta temática.

 

Para saberes mais sobre o ciclo cardiaco é importante que vejas esta apresentação.

 



Visualizar filmes é uma boa forma de obter informação. Este é sobre o sangue...
O ciclo cardíaco está muito bem retratado neste filme.
Para saberes mais podes recorrer à consulta do post "Circular é viver" do Blog oitavo C ou ainda a este Constituição do Sangue do site "Uma aventura nas Ciências .

 

Se tiveres curiosidade em saber como se determinam os grupos sanguíneos vê esta apresentação. 

 

 

 

publicado por dom.bacelar às 16:53

27
Jan 12

Mantendo-se as metas de aprendizagem já apresentadas no post anterior, vamos hoje falar da tipologia dos nossos atos e dos sistemas de proteção do sistema nervoso humano.

 

Consultando o site Infoescola somos informados que as Meninges são três membranas de tecido conjuntivo que revestem o encéfalo e a medula espinhal, tendo como objetivo protegê-los. Estas três camadas, de fora para dentro são: dura-máteraracnóide e pia-máter.

 

Corte da parte superior do crânio.

Dura-máter

A dura-máter é a meninge localizada mais externamente, formada por um tecido conjuntivo denso, contínuo com o perióstio dos ossos da caixa craniana. Já a dura-máter que envolve a medula espinhal, é separada do perióstio dasvértebras, originando entre ambos, o chamado espaço epidural, onde são encontradas algumas estruturas como:veias, tecido conjuntivo frouxo e tecido adiposo

Aracnóide

A aracnóide é uma membrana sem vascularização que se divide em duas partes: uma em contato com a dura-máter e sob a forma de membrana, e a outra formada por traves que conecta a aracnóide com a pia-máter. Os espaços entre as traves dão origem ao espaço subaracnóide, onde está presente o líquido cefalorraquidiano, protegendo o sistema nervoso central contra traumatismos. 

Pia-máter

A pia-máter é extremamente vascularizada e encontra-se aderida ao tecido nervoso, contudo não está em contato com as células ou fibras nervosas. Os vasos sanguíneos entram no tecido nervoso através de túneis revestidos por esta membrana, chamados de espaços perivasculares. 

 

Agora que já conhecemos as meninges vamos ver como tudo funciona:

Este video tem basicamente a mesma informação:
Todos nós falamos dos reflexos.....vejamos o que são os atos reflexos e como o nosso corpo reage rapidamente a estímulos que nos poderiam ser perigosos:
Para terminar vamos distinguir ato reflexo de arco reflexo.
Agora fico à procura das vossas perguntas.....
publicado por dom.bacelar às 18:46

16
Jan 12

Seguindo a nossa viagem pelo corpo humano vamos ver agora como é possível mantê-lo em equilíbrio. Vamos começar por estudar as suas estruturas de comando e coordenação.

 

A meta intermédia é:

O aluno explica interacções entre os sistemas neuro-hormonal, cárdio-vascular, respiratório, digestivo e excretor e interpreta o funcionamento do organismo como um todo.

 

e as metas para estas próximas aulas:

  • O aluno identifica os constituintes do sistema nervoso, central e periférico, as suas protecções e a célula especializada na transmissão do impulso nervoso (neurónio).
  • O aluno distingue reacções voluntárias e involuntárias do organismo, interpretando-as como respostas do sistema neuro-hormonal, essenciais à coordenação do organismo.
    Como sempre vamos recorrer aos vídeos:
    Começamos por estudar o cérebro....o maestro do nosso corpo:
    Depois do maestro vamos ver o resto da orquestra:
    Nesta apresentação vamos conhecer o neurónio...

Para integrar todo os conhecimentos podes recorrer a esta apresentação: Sistema Nervoso - Revisão

publicado por dom.bacelar às 17:11

09
Jan 12

A propósito desta notícia

Aula de biologia determina divórcio de pais de aluno Por Jornal i, publicado em 9 Jan 2012 - 22:19

 

"Uma aula de Biologia levou ao divórcio de pais de aluno por dúvidas em relação às suas origens. É que a aula sobre tipos de sangue levou o aluno a descobrir que afinal o seu pai "oficial" não é o seu pai verdadeiro. Em casa, o rapaz perguntou aos pais como era possível que ele tivesse um tipo de sangue B se os seus pais tinham tipo de sangue A. Tal questão abriu uma guerra e desencadeou as suspeitas. Depois de realizado um exame, o rapaz desfez todas as suas dúvidas. O homem com quem tinha convivido até agora não era afinal o seu verdadeiro pai. O caso foi a tribunal e veio a descobrir-se que a mulher tinha tido uma relação extraconjugal, que começou dois anos depois de se ter casado. "

 

Podes ver a seguinte apresentação que te elucida sobre os mecanismos de determinação do tipo de sangue ABO.

 

publicado por dom.bacelar às 23:59

07
Jan 12

Findo o interregno das aulas voltamos às metas de aprendizagem.

 

Nas próximas aulas vamos procurar atingir estas metas:

  • O aluno interpreta situações concretas (cor dos olhos, sexo do bebé, miopia) de transmissão de características ao longo de gerações, mediante a análise de árvores genealógicas simples.
  • O aluno aprecia benefícios e riscos da utilização de novas tecnologias na resolução de problemas da saúde individual e comunitária (exemplos: clonagem, organismos geneticamente modificados, reprodução medicamente assistida, produção de novos medicamentos, células estaminais).
    .
    .
    .
    Para começar e perceberes bem toda esta temática sugiro-te que consultes o site Learn Genetics clicando aqui.
    Agora é altura de refletires sobre os Organismos geneticamente modificados(OGM) e as suas implicações presentes e futuras. (a hiperligação leva-te para um blog em que além da definição te colocam questões para as quais importa estares preparado. A Agencia Portuguesa do Ambiente também tem a sua versão sobre os OGM
    Este video mostra de uma forma sintética com se faz um organismo geneticamente modificado.
    Neste fala-se da importância dos OGM
     No final e para consolidares os teus conhecimentos podes preparar uma pequena apresentação que mostre o teu ponto de vista sobre esta problemática.
publicado por dom.bacelar às 17:36

26
Nov 11

 Ao conjunto de processos biológicos que asseguram que cada ser vivo receba e transmita informações genéticas através da reprodução dá-se o nome de  hereditariedade.

 

A informação genética é transmitida através dos genes, porções de informação contida no DNA dos indivíduos sob a forma de sequências de nucleótidos. Existem dois tipos de hereditariedade: especifica e individual. A hereditariedade especifica é responsável pela transmissão de agentes genéticos que determinam a herança de características comuns a uma determinada espécie. A hereditariedade individual designa o conjunto de agentes genéticos que actuam sobre os traços e características próprios do individuo que o tornam um ser diferente de todos os outros.

 

Para começares a dominar alguns dos termos essenciais aconselho-te que estudes estas duas apresentações .

 

----

.

Se te sentires com força podes ir avançando para o estudo da primeira lei de Mendel. Este filme é um boa ajuda.

e também que tal consolidar conhecimentos com estes exercícios?

 

publicado por dom.bacelar às 07:05

Durante as relações sexuais podem ser transmitidas várias doenças....tais como as referidas neste vídeo.

 

Uma das formas de proteção é o uso do preservativo, o qual é também um método anticoncepcional.. Presta atenção a esta apresentação...

No final podes testar os teus conhecimentos com este teste interativo.
 
publicado por dom.bacelar às 06:41

19
Nov 11

 

No Portal da Saúde do Ministério da Saúde podemos ler "A promoção da saúde sexual e reprodutiva dos indivíduos é um importante contributo para a sua formação pessoal e social e tem ganho um protagonismo crescente nos sectores da Educação e da Saúde."

Saúde sexual é um tema abrangente que vai para além da informação sexual pois como poderemos ler   em  Instituto  Ahau  "
 Há uma diferença fundamental entre educação e informação sexual. A informação fala à mente, fornece conhecimentos imprescindíveis para que o indivíduo possa racionalmente manejar sua existência. A educação, por sua vez, dirige-se à pessoa global, suas emoções, seus instintos Ela sedimenta os conceitos intelectuais, permitindo sua elaboração em profundidade, de acordo com as nuances de personalidade de cada indivíduo."
Vários são os sítios na Internet que abordam de uma forma consciente a educação sexual.
Um desses exemplos para além do portal acima referido é a página de "O site da educação".
Muitos outros haverá certamente mais uma passagem pela secção "na 1ª pessoa" permite encontrar respostas a questões colocadas por outros jovens as quais são muitas vezes iguais às nossas próprias questões, havendo ainda lugar a uma secção de perguntas e respostas.
Vê, consulta e comenta aqui.

 

Entretanto vamos estudar como se processam os ciclos sexuais femininos através da consulta desta apresentação 

e através do visionamento destes filmes.
Se tiveres duvidas sobre a anatomia do aparelho reprodutor feminino usa esta hiperligação:
Anatomia Órgãos internos Órgãos externos Como funciona o sistema reprodutor O sistema reprodutor da mulher é responsável pela pr...

 

No que concerne ao estudo dos vários métodos contraceptivos podes ver este excerto retirado do site A Educação Sexual

  • Métodos Contraceptivos - Diafragma
    O que é e como funciona O diafragma é um dispositivo de borracha com um aro flexível que se introduz na vagina. Quando correctamente introd...
  • O DIU é um pequeno dispositivo de plástico revestido com fio de cobre que é inserido no útero. O DIU impede a gravidez através da alteração...
  • Definição O preservativo constitui uma barreira à passagem do esperma para a vagina durante o coito. A maioria dos preservativos são feitos...
  • Definição Os espermicidas são compostos por substâncias que eliminam a mobilidade dos espermatozóides. Podem apresentar-se sob a forma de c...
  • São mecanismos que servem para  evitar a gravidez não desejada e também as DST’s. Estes métodos estão divididos em naturais e não naturais. ...
    Penso que por agora chega...ora vamos lá estudar e comentar.......Abraço.
publicado por dom.bacelar às 19:01

21
Out 11
Agora que estudamos a forma de nos mantermos mais saudáveis vamos ver como a vida se transmite....

As metas de aprendizagem que o Ministério da Educação definiu são estas:

Meta Final 8) O aluno explica a transmissão das características genéticas ao longo de gerações aplicando conhecimentos da morfofisiologia do sistema reprodutor e noções básicas de hereditariedade.

 

Metas intermédias:
  • O aluno interpreta o organismo como um sistema organizado segundo uma hierarquia de vários níveis (sistema, órgão, tecido, célula).
  • O aluno identifica no sistema reprodutor as gónadas/glândulas sexuais, as vias sexuais e órgãos genitais externos, glândulas anexas, no caso do sistema reprodutor masculino, e descreve respectivas funções.
  • O aluno caracteriza a fisiologia do sistema reprodutor feminino (ciclo ovárico e uterino) e masculino, bem como as funções das hormonas sexuais (estrogénio, progesterona, testosterona) e respectiva influência no desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários.
  • O aluno indica condições essenciais à ocorrência de gravidez (por exemplo: formação de gâmetas, fecundação, nidação) e, por outro lado, interpreta os métodos de contracepção existentes quanto ao seu processo de actuação no organismo.
  • O aluno identifica infecções de transmissão sexual (por exemplo: sida, herpes genital, hepatite B), os comportamentos de risco que promovem a sua propagação e as medidas de prevenção.
  • O aluno identifica estruturas celulares (citoplasma, núcleo, membrana plasmática) em observações microscópicas de células animais (por exemplo: células do epitélio bucal) e localiza o material genético na célula (núcleo, cromossomas, genes, ADN) evidenciando a sua organização hierárquica.
  • O aluno explica o significado de conceitos básicos de hereditariedade (gene dominante e recessivo, homozigótico e heterozigótico, cromossomas homólogos).
  • O aluno interpreta situações concretas (cor dos olhos, sexo do bebé, miopia) de transmissão de características ao longo de gerações, mediante a análise de árvores genealógicas simples.
  • O aluno aprecia benefícios e riscos da utilização de novas tecnologias na resolução de problemas da saúde individual e comunitária (exemplos: clonagem, organismos geneticamente modificados, reprodução medicamente assistida, produção de novos medicamentos, células estaminais).

    Se conseguirmos cumprir a planificação vamos estudar este tema até ao final da primeira semana de Janeiro 2013.

    Para começar reproduzo aqui um post do meu blog "oitavoc"
    Como refere José Salsa no seu interessante e muito recomendável CIENTIC " A reprodução

     

     

    humana fascinou, desde sempre, a Humanidade. Os conhecimentos sobre este tema foram, durante muito tempo, escassos. Hoje, a ciência e a tecnologia já desvendaram muitos dos segredos de tão importante fenómeno ao ponto de terem sido racionalizados diversos métodos de manipulação da fertilidade. De facto quer a empatia que a presença de um bebé provoca assim como todo o caminho percorrido até ao seu nascimento foram sempre motivo de curiosidade e debates acalorados. Voltando a recorrer ao CIENTIC sugiro o visionamento das apresentações relativas ao aparelho reprodutor masculino assim como do aparelho reprodutor feminino....O vídeo seguinte descreve muito sumariamente a anatomia dos referidos aparelhos.



    No blog Ciências Naturais: Bio, Geo,. encontram-se os seguintes apontamentos relativos aos caracteres sexuais secundários.

    O mesmo blog também apresenta  mapas conceptuais dos sistemas reprodutores feminino e masculino.

    Podes também usar este recurso interativo.....http://www.biodigitalhuman.com/
publicado por dom.bacelar às 12:10

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO